sexta-feira, julho 30, 2010

Escola do Rock


Dei por mim ontem ou anteontem a fazer zapping quando chego ao canal Hollywood. Nessa altura estaria a dar o filme School of Rock (2003) realizado por Richard Linklater com Jack Black, actor este por quem nutro simpatia e respeito enquanto actor cómico...



Aviso desde já que não tenho como intenção fazer a minha apreciação do filme... não querendo isto ser sinal de que se trata de algo de fraca qualidade... muito pelo contrário... trata-se de uma comédia musical bem elaborada de facil degostação por todas as idades!

Apenas quero focar em um dos seus pontos mais fortes, que a meu ver, é algo de extrema importancia, principalmente para as gerações mais jovens a quem o filme se destina!

Esse ponto forte de que falo é a passagem de conhecimento e informação musical ligada ao mundo do Rock.

Nota-se que falta nestas novas gerações a passagem de testemunho no que toca às bandas lendárias como Led Zeppelin - a quem a personagem de J.B faz logo referencia aquando da sua apresentação à turma, perguntando se conhecem Jimmy Page (lead guitar) ou Robert Plant (vocalista)...

E não é por falta de acesso visto que a internet exerce uma super influência na propagação de cultura nos seus mais diversos ambitos...

Como tal, o filme acaba por apresentar de forma abundante, alguns dos mais emblemáticos grupos da cena musical como Jimi Hendrix, Deep Purple, AC/DC, The Who, Ramones, The Clash, The Doors, Kiss, Black Sabath, Cream, The Stooges, entre outros...

E mais do que oferecer nomes do Rock, disponibilizam bastante matéria teórica... fazendo assim jus ao nome desta longa-metragem, que de facto é (nas suas diversas dimensões) uma "Escola do Rock"!

Desta forma, deixo aqui os meus agradecimentos à equipa por detrás da "fabricação" de School of Rock pela sua relevância na educação de todos nós... 

O grau de enriquecimento que providenciam não tem preço, ficando apenas ao cargo da sua audiência instigar sobre o assunto e dar inicio (ou continuação) às sessões culturais que posso afirmar... assumem proporções épicas!

Nenhum comentário: