quinta-feira, agosto 19, 2010

Los Campesinos!


Gosto muitos de Los Campesinos! Quem me conhece, sabe disso! Quem lê o blog, também!

É um facto que cá, ainda passam despercebidos por muito boa gente, quando acredito que o grupo tem qualidades que os fazem prevalecer num mundo além do indie-rock, ou seja, creio que a sua sonoridade é tal forma alegre e contagiante, que facilmente entra nos ouvidos das massas como música comercial (embora a sua seja bastante distinta).

Hoje apeteceu-me escrever sobre o grupo formado no País de Gales (mas sem nenhum membro natural de lá)  por causa do seu último álbum Romance is Boring (2010)! 

(Capa - Romance is Boring)

Já o tinha nas minhas fileiras faz algum tempo, mas como habitual (queixo-me sempre do mesmo) por vezes o tempo escasseia e é muita a música que se encontra pendente por ouvir no meu computador... no entanto, tornou-se tarefa (quase) impossível colocar à margem este cd! Tirei um tempo da praia e sentado na minha cadeira, deliciei-me com uma sonoridade electrizante, tão tipica dos Campesinos! Gosto do que ouço e gosto da forma como aplicam o seu estilo, sempre de forma "nova" e irreverente... Embora não sejam de grandes surpresas e alterações, correndo o risco de soar sempre ao mesmo... não caem na redundância! Impregnados de energia e raça (sim... pressinto uma total entrega no estúdio) Los Campesinos fazem deste seu terceiro álbum  (mais desenvolvido instrumentalmente) outro argumento - super - válido para arrastar pessoas aos seus concertos, como o que acabaram de dar este ano no festival Paredes de Coura, no qual infelizmente não marquei presença.

Aliás, por falar em concertos, para sempre fica-me na memória (vejam-me bem se isto que vou dizer não é completamente anormal) um concerto no Optimus Alive em 2009 que não fui! 
Isso mesmo! Tenho memórias de algo que não presenciei! 
Foram-me introduzidas imagens na mente de tal forma (Inception style) que desenvolvi uma capacidade sensorial (talvez destoada do que verdadeiramente decorreu naquele recinto dia 11 de Julho 09) que ilustrou o magnifico serão disposto em fragmentos de um palco com a banda em êxtase, durante um por-do-sol único... 
Um final de tarde ao melhor estilo do Verão! Malta com cerveja na mão, outros a dançar e outros simplesmente no ar num crowd surfing absolutamente inacreditável! Foi assim que me foi descrito (em parte)... 
Parece de sonho! E só consigo visualizar um cenários destes com Los Campesinos! Convenhamos... fiquei de tal forma impressionado com a forma como foi relatado esse concerto que dificilmente haverá quem manifeste tamanho entusiasmo por um dia tão místico! (já me sinto a entrar em completas disparidades e exarcebamentos).

Fiquem com três malhas tiradas do álbum...





2 comentários:

Mayy - bee disse...

Gostei muito de os ver em Paredes de coura. Confesso que conhecia pouquissimo sobre a banda. Mas gostei muito até

D.M disse...

São Top!
Eles ainda ganharam alguma notoriedade com a música "Death to Los Campesinos" da Superbock penso (ou vodafone.. enfim, pouco importa).

"Broken Heartbeats Sound Like Breakbeats"

"You.Me.Dancing"

"We Are All Accelerated Readers"

são temas obrigatórios para quem os quer conhecer (todos retirados do álbum: "Hold On Now, Youngster"

Dá uma vista de olhos...