quinta-feira, setembro 30, 2010

Toranja - Música de Filme


Não acompanhei muito os Toranja! Conheço um album (intitulado Segundo) e pouco mais... Apesar de ter apreciado este seu trabalho, não foi o suficiente para despertar em mim a vontade de acompanhar o grupo ou a carreira a solo do seu vocalista, Tiago Bettencourt. Parece mal... porque se calhar mereciam um pouco mais de atenção da minha parte. Nem que fosse por respeito pelo tema Música de Filme que tanto mexe comigo. Digo-vos muito honestamente que é das músicas mais bonitas que ouvi... Pela melodia, pela letra e pela entoação que Bettencourt lhe dá, como quem realmente fala de um grande amor! É de tal forma sentido que  a música transtorna o seu ouvinte, e ainda para mais, para mim torna-se dificil não me "envolver"... 

Percam algum tempo a ouvir... Prometo que dificilmente não gostarão desta música...



É pena quase não poder ficar...
És quente quando a luz te traz...
Quase te vi amor...
Quase nasci sem ti...
Quase morri dentro, de mim...
Ficas dentro de mim...
Por dentro de mim...
Estás dentro de mim...

Silêncio, lua, casa, chão...
És sítio onde as mãos se dão...
Quase larguei a dor...
Quase perdi...
Quase morri dentro de mim...
Ficas dentro de mim...
Por dentro de mim...
Estás dentro de mim...

Sempre sou mais um homem, mais humano, mais um fraco
Sempre sou mais um braço, mais um corpo, mais um grito
Sempre... Dança em mim!
Mundo, vida e fim...
Dorme aqui, dentro de mim...

É pena quase não poder ficar...
No sítio onde as mãos se dão...

Quase fugi amor, quase perdi...
Vamos embora daqui, para dentro de mim...

Nenhum comentário: