quinta-feira, dezembro 09, 2010

Bad Influence


Eu há muito que ando a adiar uma rubrica aqui neste blog, em que semanalmente faço um post sobre um dos meus guitarristas favoritos. E não é hoje que vou começar, mas posso-vos adiantar já o seguinte: Robert Cray é sem dúvida um dos eleitos. E hoje apeteceu-me partilhar uma malha dele. É discreta mas não deixa de ser uma composição interessante até porque há quem se consiga identificar com ela. Blues tem disto... é um estilo que parece estar para os Americanos, como o Fado está para os Portugueses. Contam histórias, muitas delas sobre os dissabores da vida. Neste caso foca as relações amorosas, ou melhor, uma relação amorosa. A escolha recaiu sobre este tema apenas por ser das músicas do Sr. Cray que mais gosto... porque interesso-me sempre no que o homem tem para dizer.

Nenhum comentário: