sábado, novembro 13, 2010

Interpol - Campo Pequeno - 12.11.10


Cansado, desidratado, mal-disposto e com dificuldades para cantar... dirigi-me atrasado (perdi os Surfer Blood, a banda de abertura) ao Campo Pequeno onde me esperavam os Interpol. Tudo fruto de uma noite de quinta-feira que me deixou completamente de rastos e que quase comprometia a minha ida ao concerto. Felizmente cheguei mesmo a tempo de ouvir Paul Banks e companhia abrir o espectáculo com Narc.

No concerto ficou demonstrou o porquê do crescimento desta banda que ao fim de quatro álbuns, dizem os "peritos", parece estar mais madura. Passei por uma experiência única que foi ouvir os temas do novo álbum (homónimo) pela primeira vez ao vivo! Não fiz o devido trabalho de casa para estar melhor preparado, mas não sinto que tenha saído prejudicado por isso.

A noite de ontem apenas pecou - além da minha condição física/psicológica, pela ausência da música Evil, talvez o minha favorita do grupo. E como tal, é essa mesmo que deixo a acompanhar este texto, juntamente com o link da revista Blitz para a critica do concerto (na qual eu subscrevo) !



Nenhum comentário: