sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Imperdivel !


 

Poucas palavras para descrever este excelente filme.  

The Squid and The Whale (2005) é uma longa-metragem escrita e realizada por Noah Baumbach e produzida pelo magnifico Wes Anderson (torna-se patente durante o decorrer do filme bastantes traços estilísticos seus). Com interpretações soberbas de Laura Linney e Jeff Daniels (este último então, como pouco se vê... está simplesmente fantástico), com Jesse Eisenberg a saltar para a ribalta com este papel e finalmente o mais novo, Owen Kline, com um desempenho dificil de se fazer, temos aqui uma obra de grande engenho com um argumento (super) bem escrito, que valeu a Noah uma nomeação para Oscar em 2005 na categoria de Melhor Argumento Original.
Passado nos anos 80, este filme segue a história de uma família disfuncional que tenta lidar com o divórcio, os episódios que levaram a que tal acontecesse, bem como as suas consequências na relação entre o casal protagonista e os seus filhos. Podemos ainda contar com um elenco secundário composto por Anna Paquin e um dos vários irmãos Baldwin, o carismático e charmoso William.
A banda sonora é dominada por temas da época, mas em foco está o grupo Pink Floyd por causa do tema Hey You que acaba por estar ligado a um momento "pseudo-chave" do filme. Aproveito para comentar a piada que foi para mim ouvir bastantes vezes uma malha integrante da banda sonora do filme que despontou a carreira de Tom Cruise chamado Risky Business (1983). A malha pertence ao grupo Tangerine Dream e é intitulada de Love on a Real Train.

Dou a este trabalho de Noah Baumbach (à semelhança do critico Roger Ebert) Two Thumbs Up !


Nenhum comentário: