quarta-feira, maio 05, 2010

Banda-Sonora 3 em 1


Apresento-vos uma música que marcou a minha infância... Composta por Randy Eldman, serviu como tema central do filme Dragon: The Bruce Lee Story

Marcante porque enquanto crescia tinha como um dos meus vários ídolos, o lendário Bruce Lee. Recordo-me sempre de regressar da Escolinha Tia Ló e muitas vezes ter cassetes VHS que a minha mãe alugava de filmes clássicos como Way of The Dragon (1972) ou Big Boss (1971). Mais velho, todas essas memórias que tinha, de visionar obras do grande mestre das artes marciais, surgiam com um sabor nostálgico especial sempre que via Dragon: The Bruce Lee Story. Era uma daquelas longas-metragens que gostava de  ver vezes sem conta... encantado com o conto lendário de uma das figuras mundiais mais emblemáticas de sempre.

Mas chega de divagar porque não é sobre o filme que quero escrever, mas sim sobre a música que aqui "postei". 
Sendo o tema central da banda-sonora um trabalho de corte fino e de uma imensa carga emocional, é certo que dificilmente teria ficado indiferente ao que ouvia na época. Pois está, que de facto, a música deixou marcas e curiosamente, mesmo eu mantendo distância do filme biográfico sobre Bruce Lee, nunca me deixou de acompanhar. A música orquestrada sob a batuta de Randy Eldman continuou a marcar presença através de trailers, pequenos clips, entre outras coisas.

Hoje, a caminho do trabalho, a música randomly começou a tocar no meu telemóvel, tendo eu reparado no seguinte:

É um tema polivalente que facilmente serve o propósito de três "possíveis cenários". Ora Vejamos:

Passada a introdução um pouco ambígua, temos a partir dos 56 segundos uma entrada subtil que encaixa na perfeição num trailer de um filme dramático muito ligado à pureza e bondade do ser humano. 

O primeiro momento arrasta-se até aos 2m02s, onde temos uma passagem para uma melodia a que eu distingo como o segundo momento musical do tema... "Entrega do Oscar" (imaginem a entrega da estatueta na cerimónia com esta parte enquanto música de fundo... fit's like a glove, doesn't it ?)

Terceiro e último momento, com a chegada do minuto 3.03 é dado inicio ao "Número mágico", sendo a música semelhante às que normalmente compõem o ambiente para os ilusionistas entrarem em acção.

Temos por fim o loop, ou seja, voltamos à origem a partir dos 3m45s. Sei que pouco ou nada vos acrescentei com isto, mas foi como mero desabafo (e também pela piada em si que foi... ainda me ri sozinho a sair do Metro) que coloquei aqui esta referência infantil/juvenil como forma de demonstrar o poder de uma única faixa com atributos fortes de adaptação a diferentes meios.

3 comentários:

Bubu disse...

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Hello Friend, I love love love your blog, it‘s very interesting!!! I really like your style!! i‘ll visit you many times for sure honey.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Bubu disse...

¿puedo escribirte en español?? mis amigas portuguesas y brasileñas adoran que les escriba en español, y a mi me encanta tu lengua, el portugués es la lengua más bonita que existe, además se entiende muy bien!!!!

un beso!!! beijos!!!

Mike disse...

LOOOL

Dos melhores posts!!!

A primeira parte ia muito bem com o trailer do Simple Jack!

Adoro a batida para o truque de magia!!