sábado, junho 12, 2010

WWPJ

Engraçado como o mesmo álbum, depois de ouvido inúmeras vezes seguidas, é capaz de proporcionar diferentes "sentimentos". Não sei bem como explicar... Músicas que, embora gostasse, me passavam relativamente ao lado comparativamente às minhas favoritas, e que com o tempo se tornaram temas de igual estatuto, ou seja, aparentemente com o tempo algumas músicas cresceram comigo, tendo eu  talvez desenvolvido uma maior capacidade para as apreciar.
Não sei se me faço entender...(se calhar sou eu que estou a complicar)
Portanto explicado a crianças, basicamente quero dizer com isto que passei a gostar ainda mais de músicas que já ouvia.
Exemplo disto que aqui partilho convosco é o primeiro projecto dos We Were Promised Jetpacks.
Começou com Quiet Little Voices e Moving Clocks Run So Slow, as minhas duas principais referências do projecto These Four Walls (2009). Depois passou para This is My Home e Ships with Holes Will Sink, que de forma talvez até exacerbada, deixavam-me completamente maluco. É que há uma coisa que eu adoro na maioria das músicas dos WWPJ. É o build up! Há sempre uma transformação com um incremento de intensidade que se faz sentir na guitarra, no tom da voz(es) ou na força com que os pratos da bateria chocalham. Sente-se com força!
Agora estou mais vidrado nas malhas Conductor e Keeping Warm, previamente consideradas excelentes mas que agora ouço com maior assiduidade.

É um álbum forte este o dos escoceses... com um set super equilibrado de 11 músicas, não me podem censurar de ter expectativas elevadas para o próximo trabalho!



Keeping Warm
         (a partir dos 5.48 começa aquele build up de que vos falei, com a explosão a surgir aos 6.26! DO CARAÇAS!!)      


Conductor

Nenhum comentário: