domingo, dezembro 13, 2009

Lang is the Man!






Durante estes dois... três dias... dediquei-me exclusivamente a ouvir a discografia de Jonny Lang, um músico que conheço e adoro desde os meus doze anos. Nunca me hei de esquecer a forma como o vim a conhecer. Estávamos no ano 1998 e tinha acabado de sair a sequela do filme Blues Brothers realizado por John Landis, baseado no popular sketch de Dan Akryod e John Belushi no programa Saturday Night Live. A sua sequela, intitulada Blues Brothers 2000, tinha o mesmo formato. Era um musical/comédia com participações de vários actores oriundos do SNL e claro, bastantes músicos do meio Blues, Soul, Funk e Jazz. Um desses músicos, obviamente para que esta história faça algum sentido, era Lang. Na altura quando filmou Blues Brothers 2000 tinha apenas dezasseis anos e já possuía uma técnica e todo um jeito fantástico enquanto guitarrista, para não falar da sua voz rouca, grave, com uma força inacreditável nada própria para a sua idade. A verdade é que uma das características que lhe apontaram sempre enquanto a sua paixão musical crescia e desenvolvia era a voz que parecia mais a de um veterano de Blues. Aqueles típicos old timers... estão a ver? Outra coisa que nunca me hei de esquecer foi o facto de eu enquanto puto que era na altura conseguir responder de volta ao meu Pai, que sabendo que eu gostava de Blues me perguntou se o conhecia. Tinha consigo um álbum que lhe tinha sido entregue para conhecer o seu trabalho. Fiquei contentissimo da vida por possuir uma resposta daquelas.
Anyway, Jonny Lang desde então cresceu bastante! Lançou uns quantos álbuns (tanto de estúdio como ao vivo) tendo o seu primeiro saído quando tinha apenas quinze anos, viu o seu trabalho Lie to Me atingir um sucesso tremendo comercialmente e em termos de recepção pela critica. Depois ainda lançou mais três trabalhos, Wander This World (1998) tendo sido nomeado para um Grammy, Long Time Coming (2003) e em 2006 surge outra nomeação com Turn Around, o qual ganhou! Este seu trabalho, mais forte no Soul e comercialmente mais apto de se ouvir, foi também um sucesso. Com malhas mesmo roots ou comerciais, baladas ou up lifting music, Lang faz tudo com precisão e muito bom gosto. É sem dúvida um dos meus artistas referencia!





Nota: 1.37 Lang takes action...               

   

Nenhum comentário: