quinta-feira, outubro 07, 2010

The Messenger (2009)



Quando vi pela primeira vez o trailer para The Messenger (2009), soube de imediato que seria muito provavelmente um excelente filme. A história parecia diferente do que nós estamos habituados, oferecendo uma visão diferente das consequências da guerra. O "angulo" de abordagem era portanto algo fresco e totalmente distinto do convencional.  São retratadas cenas que poucos de nós reflectimos quando pensamos na guerra.

Acompanhamos dois soldados que têm a tarefa ingrata de informar a morte de um soldado/a aos seus respectivos familiares/amados/amigos. Um deles, recentemente destacado nesta área, encontra-se em processo de aprendizagem e adaptação... visível na forma como oferece resistência a muito custo nas alturas onde tem que se abstrair de qualquer ligação emocional das pessoas que sofrem com a chegada de noticias.

Não conhecia o realizador Oren Moverman (também responsável pelo argumento - nomeado para Oscar), algo que é natural tendo em conta que esta foi a sua estreia por detrás de uma câmara numa longa-metragem. Não me sendo possível antecipar uma "pseudo opinião" através do seu trabalho, olhei para o cast! Nas suas fileiras encontram-se actores de topo como Woody Harrelson (nomeado para um Oscar na categoria de Best Supporting Actor) e Ben Foster, que elevavam (e muito) as minhas expectativas, afinal de contas, são (na minha opinião) dois dos maiores talentos de Hollywood (sei que começa a ser uma tendência dizer isto, mas de facto é  verdade). Ben Foster conheci através de papeis pequenos mas vi-o crescer e agora brilhar em papeis como Alpha Dog ou 3:10 to Yuma... independentemente da qualidade do filme, podem sempre contar com uma prestação do mais alto nível, enquanto Woody Harrelson dispensa qualquer tipo de apresentações.

Ainda temos Samantha Morton, actriz nomeada pela academia por duas vezes,  Jenna Malone e o icónico Steve Buscemi com um papel pequeno mas nevertheless importante! Os desempenhos são todos bons, por muito ínfimos que sejam, com destaque para o duo de protagonistas e Buscemi que consegue dar grande ênfase ao drama vivido por um Pai na forma como aguenta emocionalmente com uma noticia tão difícil de receber.

Alvo de excelentes criticas, distinguido por vários festivais e academias pelo mundo fora e detentor de um excelente rating no iMDB, The Messenger prima pela originalidade, pela sua visão, pelo argumento e diálogos e a sua capacidade de transmitir aspectos do mais humano e genuíno possível. 

É um belíssimo filme que recomendo com alguma urgência...

Nenhum comentário: