domingo, outubro 31, 2010

MADtv: The O.J Simpson Trial




Hoje cheguei a casa e sem saber bem porque lembrei-me de rever alguns sketchs da MADtv. Para os que não sabem, MADtv é um programa de comédia, inspirado na revista MAD, criada nos anos 50. O humor presente nesta revista era/é satírico representado na forma de banda-desenhada. É considerada um dos grandes milestones da cultura americana, tendo merecido a sua adaptação num formato televisivo. O estilo humorista é semelhante em muitos aspectos ao praticado pelo célebre Saturday Night Live... aliás, a  meu ver, sempre os vi muito "taco-a-taco" pois sou fã de ambos os seus estilos de comédia. Contudo, no que toca à formação de actores o SNL tem sido claramente predominante tanto em termos de quantidade como qualidade. Também em termos de programa têm sido bastante mais regular, visto que a MADtv nos tempos que correm, desilude bastante! Não só pelo fraco cast, mas também pelo "material", longe do bom nível que nos habituaram noutros tempos. 
 Seja como for, podemos sempre contar com o material antigo, ainda disponível em grandes quantidades no Youtube

Ora, um dos meus sketchs favoritos remonta para a primeira season de MADtv e é sobre o julgamento mediático de O.J Simpson (que inclusive teve direito a transmissão televisiva, sendo um dos programas com maior audiência da história do país), algo que continua a levantar bastante polémica nos Estados Unidos. Para os que não sabem, O.J, antiga estrela de futebol americano e actor, foi acusado pelo homicídio da sua mulher juntamente com um "amigo". O que torna este caso tão polémico (segundo dizem) é que as todas provas indicavam O.J como culpado, no entanto, este conseguiu sair ilibado. É mesmo com isso que este sketch faz paródia.

Lembro-me perfeitamente da primeira vez que vi isto! Ri-me às gargalhadas com o Orlando Jones (actor responsável por personificar O.J) ao ponto de ficar cansado! Obviamente reencaminhei este "tesourinho" para muitos dos meus amigos, mas não tive a oportunidade de fazer este tipo de divulgação visto que não havia disponível no Youtube.

Infelizmente não me é possível colocar o vídeo incorporado aqui no blog, portanto façam-me o favor de aceder ao link para irem directos à pagina.


(link) 


Nenhum comentário: