domingo, janeiro 23, 2011

As the old saying goes: We've got ourselves a game!


Se há uns tempos fiz um post com o titulo "Publicidade no seu expoente máximo", então faço desde já uma mea culpa, porque precipitei-me! 

Não deixa de ser boa publicidade, é certo... mas longe de ser algo semelhante ao que se segue!

Mais do que vender uma marca, boa publicidade tem a capacidade extraordinária de criar uma relação de empatia com as pessoas, levando a que nós, o público alvo, nos identifiquemos com o produto ou o conceito! Isso sim considero ser publicidade no seu expoente máximo!

Mas o que vos apresento de seguida, transcende esse ideal por completo! Sei que vou parecer terrivelmente lamechas, mas pouco importa... porque acho que este caso merece tamanha exposição!

Não quero arriscar dizendo que publicidade deste calibre não existe... não quero! Até porque esse comentário seria altamente suspeito por ainda estar a quente (mesmo passados dois dias da minha primeira visualização)... no entanto, deixem-me que vos diga o seguinte:

Gosto de bons anúncios como qualquer outra pessoa... não tenho assim um grande interesse cultivado, não perco horas a fio no YouTube, mas de vez em quando acedo a algumas sugestões e faço alguma pesquisa.

Já vi uma quantidade considerável de diferentes campanhas... Já me ri às gargalhadas e também já me emocionei... já me isolei em reflexão, como reagi de pura espontaneidade... mas nunca... NUNCA um anuncio me falou para o coração tanto como este! 

Obstante do facto de ser uma produção no qual associaram um anuncio já existente (de uma marca que por sinal desconheço) à Nike, a verdade é que faz sentido, porque assenta naquilo que a marca norte-americana nos tem vindo a habituar.
No entanto, como já referi no inicio, a publicidade consegue ir além da sua tarefa em vender. Tal acontece neste caso... 

Desde o discurso de John Doman, passando pela música dos Explosions in The Sky (de seu nome: First Breath After Coma) e o sucesso na selecção de "imagens" (onde saliento as do Jordan como sendo as "que me tiram de mim"), este anúncio prima pela maneira como se manifesta em nome da esperança e crença... na forma como nos lembra de coisas como o espírito de sacrifício, o sabor da conquista, o efeito que cada uma das nossas vitórias (por muito ínfimas que sejam) podem ter tanto em nós como naqueles que nos rodeiam... O saber que o fracasso está ao virar da esquina, não nos impedindo de olhar para isto como um potencial aliado, na forma como nos ajuda e motiva a superar determinados obstáculos. 

Já Michael Jordan dizia:

I've missed more than 9000 shots in my career. I've lost almost 300 games. 26 times, I've been trusted to take the game winning shot and missed. I've failed over and over and over again in my life. And that is why I succeed. 

Ser o underdog muitas vezes põem-nos em situações de partida que apresentam muitas desvantagens! Normalmente são os pouco experientes, com poucas credenciais... aqueles onde o historial não abona a seu favor e a junção desses factores não inspira propriamente confiança! Acho que todos nós partilhamos um pouco dessa experiência em uma ou outra altura da nossa vida! Mas felizes são aqueles que provaram não agir em conformidade com as estatísticas, os factos ou opiniões! 

Felizes são aqueles que superaram os seus medos, ansiedades, problemas... 
Aqueles capazes de acreditar no seu próprio potencial, mas também no do próximo! 
Os que lutam até à exaustão para se elevarem ao estatuto de grandeza. 
Com raça e determinação aqueles que levam à letra "Be all that you can be"!
Os que se deixam inspirar, mas que também inspiram outros...

Estes são os meus heróis, são as minhas influências... e uma das coisas que ESTE anúncio me faz acreditar... é que posso encaixar no perfil das mesmas pessoas que tanto admiro e respeito, se assim me dispuser a isso. Porque não depende de mais ninguém, se não eu!

Digo-vos meus caros... este anuncio é capaz de mudar vidas!



"John Doman speech"

Here's the thing that makes life so interesting...

The theory of evolution claims only the strong shall survive!
Maybe so, maybe so...
But the theory of competition says:
just because they are the strong doesn't mean they can't get their asses kicked!
That's right!

See, with every long shot come from behind underdog will tell you is this:
The other guy may in fact be the favourite...
The odds may be stacked against you, fair enough...
But what the odds don't know is this isn't a math test!
This is a completely different kind of test!
One where passion has a funny way of trumping logic!
So before you step up to the starting line...
before the whistle blows and the clock starts ticking...
Just remember out here..
the results don't always add up!

No matter what the stats may say
and the experts may think
and the commentators may have predicted
when the race is on all bets are off!
Don't be surprised if somebody decides to flip the script take a pass on yelling uncle
and then suddenly, as the old saying goes we got ourselves a game! 

2 comentários:

B.Braddell disse...

wordless... so digo Amen e obrigado!!!i know what i mean!!!

André disse...

Essa citação do M. Jordan tá genial Duarte ;)