sexta-feira, abril 16, 2010

É uma delicia ouvir (boa) música portuguesa!


Samuel Úria - Nem Lhe Tocava (2009)




JP Simões - Boato (2009)



Dois álbuns de artistas que nem sei bem como classificar... por vezes folk, por vezes simples acústicas, por vezes em jeito de  trovadores, por vezes isto e aquilo... mas sempre bons!
A despeito da  minha caminhada por entre o mundo da música lusa, ambos os nomes que aqui venho divulgar atestam a monumental qualidade que tem sido praticada no nosso País. 
No exagero da minha reflexão considero quase um sacrilégio não haver maior exposição destes dois trabalhos.

Ambos os temas que aqui deixo são - na minha humilde opinião - letras desconcertantes, principalmente A Canção da Carne Crua de JP Simões, enquanto que, a cover melódica usada em Império I (sim, porque a música de fundo já existia mas não consigo identificar a quem pertence) que acompanha a letra de Samuel Úria é algo mais espiritual.

Sem margem para grandes dúvidas, ambos estes cd's tornaram-se pedras basilares na representação de algumas das minhas preferências Portuguesas, onde tenho vindo a acrescentar variadíssimos artistas, que por negligência minha, foram ofuscados pelo pré conceito mais ignorante que aborda a nossa música boa como sendo escassa!

De forma incessante entrego-me de corpo e alma à sonoridade que apresenta níveis de uma certa inverosimilhança...

JP Simões um contador de histórias ao estilo de alguns dos artistas mais importantes que revolucionaram a nossa música, e com ela os tempos e as mentes, brilha num concerto gravado ao vivo com alguns convidados, enquanto que Samuel, por sinal excelente compositor de voz desafogada, é um deleite para os ouvidos.


Nenhum comentário: