quinta-feira, abril 15, 2010

Música Comercial

Nestes últimos anos tenho estado tão preocupado em ouvir o que mais ninguém ouve, que abdiquei por completo daquilo que maioria das vezes acuso como sendo "música comercial". Dentro do que pensei ser um raciocínio lógico, apenas agora desmascarado, sempre tomei por garantido que eventualmente essa música comercial de que falo chegaria aos meus ouvidos, afinal de contas, estamos a falar de algo que podemos considerar parte integrante da "música de massas". No entanto, esqueci-me de tomar em consideração o seguinte: Eu não vejo televisão nem ouço rádio, concluindo assim que os dois principais meios onde o comercial tem maior fluidez, não constam no meu quotidiano. Foram provavelmente muitos os temas que me passaram ao lado... vídeos "postados" em blogs, facebook e outros sites que simplesmente "recusei" ver e ouvir por priorizar o mais alternativo ou elitista. Embora refute esta minha opção como válida, fica a sensação que por mero desleixo perdi acesso a muito trabalho de qualidade.

Toda esta pretensa problemática surgiu de uma descoberta relativamente recente... Já à uns tempos, ouvi talvez duas ou três vezes, em carros de amigos meus, um pequeno excerto musical que imediatamente gostei. Mas sem saber bem porquê, não perguntei quem cantava nem fiz qualquer tipo de pesquisa. Minutos depois já teria esquecido! Recentemente, quando estava numa viagem para Évora, ao parar numa estação de serviço reparei que a música de fundo era esse mesmo tema de que ouvira poucos segundos... perguntei de imediato a uma amiga que me respondeu: "É da Alicia Keys! ". Volvidas algumas semanas, novamente no carro de um amigo, voltei a ouvir e desta vez não corri riscos. Tomei nota no telemóvel (uma das minhas melhores ferramentas no que toca ao blog...) e chegando a casa fui logo procurar. Empire State of Mind chamava-se a música. Nesse mesmo segundo que me foi revelado o seu nome, senti-me um idiota! Durante meses (MESES!) vi o vídeo ser apresentado literalmente na minha cara. Jay-Z feat. Alicia Keys não foi suficientemente atractivo para que eu me desse ao trabalho de ver o que é que toda gente andava para aí a ouvir. Não está em causa a qualidade de ambos os artistas, pois acho-os bastante talentosos (e posso até dizer que em tempos foram regulares nas minhas escolhas musicais). Acontece que eu formulei uma  conceptualização acerca dos dois, muito ligada à CidadeFM (estação que 80% das músicas abomino). Porém... considero esta uma lição aprendida! Estarei sem dúvida alguma, mais atento à "música da moda" (mesmo que seja proveniente da CidadeFM) porque há muita coisa boa, que por consequência dos meus hábitos, simplesmente não tenho "fácil acesso".

Jay-Z feat. Alicia Keys - Empire State of Mind



Alicia Keys - Empire State of Mind (Live - I heart Radio)
(fico maluco com esta versão... as segundas vozes oferecem um requinte brutalissímo a esta malha que, sem conhecimento próprio, parece fazer jus à cidade de Nova Iorque)



Jay-Z feat. Mr. Hudson - Young Forever
(sample beat do tema Forever Young, cantado pelos Alphaville. Para ser sincero, o refrão deve muito à forma original como é cantado, sendo portanto - na minha opinião - escusada a participação do Mr. Hudson. However, por gostar desta versão e por estar fortemente ligada ao "Somos Jovens", fica aqui para vossa apreciação)

Um comentário:

Mi disse...

Por acaso também achei a Empire State of Mind uma música muito bem conseguida!