quinta-feira, abril 08, 2010

Kid Lang



Já aqui falei sobre Jonny Lang, mas isso não inviabiliza que volte a escrever sobre um dos meus guitarristas favoritos. Custa-me crer que este "puto" (na verdade ele já não é assim tão jovem, contudo, será sempre assim que o terei em conta na minha mente, dado que a primeira vez que o vi tinha 16 anos) não têm um estatuto de estrela à semelhança de John Mayer. Quer dizer, pensando melhor, até é fácil explicar. Enquanto Mayer optou inicialmente por um caminho pop acabando por se "vender" à indústria musical, Lang nunca abdicou de se dedicar exclusivamente ao género onde criou as suas raízes musicais... o Blues. A sua voz, quase única diria eu para um rapaz novo e branco, é um dos factores que o torna desde logo memorável. Não é por nada que comparam o seu estilo e timbre a um veterano negro. Depois disso, temos a sua habilidade na guitarra! Toca a um nível, que embora possa estar longe dos grandes mestres, é para mim do calibre de um. 
Desde que me lembro, Lang sempre foi forte nestes dois atributos... mesmo muito jovem, sendo lógico que eu tenha ficado desde logo impressionado e com o tempo me tenha tornado um grande fã. Talvez peque por não ser um compositor dentro do mesmo patamar de Mayer e não ter aquela imagem que tanto favorece os músicos junto da sua audiência. No entanto, isso para mim pouco interessa... Este miúdo toca a um nível incrível desde os 16 anos e sempre teve metido no meio dos blues! Embora tenha grande apreço por Mayer e ele seja um dos meus guitarristas favoritos, vejo em Lang a pureza no amor pela música, mesmo abdicando do estatuto que Mayer hoje usufrui (porque não tenho dúvidas que se quisesse, poderia ter o mesmo rumo).


A letra e tudo o resto acaba por se "esfumaçar no ar" quando ouço malhas como esta que se segue...


2 comentários:

Joaquim Quadros disse...

Este gajo tem talento a dar com pau. Já tinha ouvido, e impressionou-me, mas nunca mais me lembrei de Lang. Pelo andar da cena nunca mais me viria à cabeça.

Nice reminder Mendoza.

D.M disse...

Joaquim, tu tens de ouvir mais Blues, porque arranjo malta superior ao Lang (não o querendo desvalorizar, mas sim valorizar os nomes que tenho para te oferecer). Eu estou a preparar um post sobre um festival chamado "CrossRoads" que eventualmente dará aso a uma "mini rubrica temporária" onde farei um post por semana sobre um guitarrista retirado da minha lista de favoritos.